Quem não viu, visse. Que não comprou, comprasse. Os Viralata acabou. Ou acabaram, sei lá. Fecho o site depois de cinco anos, e ainda não descobri se devo me referir a ele no plural ou no singular.

Aos que apoiaram — de todas as maneiras que se pode apoiar uma iniciativa como essa —, meu mais sincero e eterno agradecimento. Aos que eu não pude apoiar, minhas desculpas.

Com isso, talvez eu volte a cuidar deste blog. Quem sabe?

Anúncios