Depois de 4370 quilômetros e 800 metros percorridos no trajeto que liga São Paulo a São Paulo (via Salvador), cheguei a algumas importantes conclusões:

• Branco Leone é um sujeito totalmente desconhecido no eixo Iconha-Uruçuca;

Franciel Cruz é um grande cara, mas tem um defeito;

• A geladeira de isopor é o artefato que permitirá a conquista do Nordeste pelos paulistas;

• O ar-condicionado também;

• O Peugeot 206/1.6 deveria ter seis marchas para a frente;

• A temperatura de trabalho do meu cérebro é menor que a da minha máquina fotográfica;

• Itabuna é uma das cidades mais importantes da Grande Buerarema;

• Perdemos o estado do Rio de Janeiro para a Universal;

• O Espírito Santo ainda não, mas vai a caminho;

• A Bahia estará salva enquanto houver o Candomblé.

Anúncios