Trecho do filme Tenda dos Milagres, de Nelson Pereira dos Santos. Quem é “de casa” vai entender porque estou publicando só esse pedacinho.

(Dia desses ainda dou um pescoção nesse tal de Tadeu Canhoto. Vai pagar por todos. Foda-se.)

E aproveito pra agradecer a Esta Amiga Querida & Sua Interminável Paciência por ir atrás das maluquices que eu invento de catar pela rede. Beijo, Rê.

Anúncios