Sempre achou que tivesse um lindo e transbordante par de peitos. Gostava tanto deles que nem dava falta dos mamilos que não tinham. Mas um dia, ao acariciá-los por inteiro, por baixo, pelos lados, pelo meio, percebeu que havia um furo entre eles. Era um cu. Concluiu então que tinha andado a acariciar a bunda desde a tenra adolescência.

Anúncios