Ela tinha um buço enorme e, por isso, quando passava, a molecada na rua gritava “Ó, Manéle!”. Zangada, ela respondia: “Bai pró inferno, bândalo!”.

Anúncios